Conservação

Plano de Conservação

A Associação Portuguesa de Plantas Carnívoras foi fundada com o objectivo de proteger as Plantas Carnívoras autóctones do território português. Com tal finalidade, e considerando que cada população se pode reger segundo condições especiais, a APPC segue um protocolo estandardizado na análise e intervenção ambiental das populações de plantas carnívoras em habitat natural. Com efeito, apresentam-se abaixo as medidas preventivas generalizadas, estabelecidas para todas as populações no nosso espectro de acção:

  • Inventariação e mapeamento das localizações geográficas onde ocorrem, naturalmente, espécies de Plantas Carnívoras autóctones;
  • Vigília das localizações no sentido de manter actuais informações relevantes acerca da população, como sejam a densidade populacional, a saúde individual, entre outros;
  • Intervenção sob factores abióticos anormais, como sejam o desvio de cursos de água, movimentações de terreno, ou qualquer outra perturbação do habitat;
  • Recolha sazonal de sementes com respectiva identificação, para constituição de um banco de sementes no sentido de:
    • a) manter um fundo genético das populações portuguesas;
    • b) manter um stock de sementes frescas e viáveis que permitam replantação de populações desaparecidas por motivos pontuais ou antrópicos.  

 

O que fazer para ajudar a APPC?

 

Com o objectivo de colaborar com a APPC, qualquer cidadão pode e deve procurar fornecer suporte aos pontos supracitados…

…contribuindo com localizações de populações de Plantas Carnívoras autóctones;

…recolhendo informação (número de indivíduos, área da população, saúde individual) e registo fotográfico da localização, de modo a fornecer à APPC a melhor e mais fiável indicação de populações e seu estado ecológico;

…sensibilizando para a problemática da destruição dos habitats através de pisoteio, rodeio de bicicletas ou ciclomotores, etc, no seio da população, de modo a diminuir o impacto humano no território em questão, bem como intervindo activamente sobre possíveis perturbações (como o desvio de cursos de água).    

 

Para qualquer tipo de dúvida e/ou contribuição, contactar conservacao@appcarnivoras.org.